segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Projeto "CLUBE DA MATEMÁTICA" - ProEMI



Atualmente, para os professores estimular o gosto e a prática da matemática, a tarefa é intensa e desafiante, pois em diversas vezes faltam incentivos e os conteúdos disciplinares são desinteressantes, tolhendo no aluno sua criatividade, curiosidade e desenvoltura. Tudo isso acaba atrapalhando, atrasando e desestimulando os alunos em seu aprendizado, dificultando o avanço esperado.

Desta maneira, este projeto, desenvolvido em 2015, teve como objetivo principal, estimular o aprendizado da matemática de forma contextualizada, integrada e relacionada a outros conhecimentos, trazendo em si o desenvolvimento de competências e habilidades que são essencialmente formadoras de opiniões à medida que instrumentalizam e estrutura e o pensamento do aluno, capacitando-o para compreender e interpretar melhor o mundo em que ele vive.

As professoras envolvidas no projeto foram: Marisa Ribeiro Silva e Rosângela Leite Moreira e os alunos participantes (média de 25 alunos por encontro), dos primeiros anos do período matutino. o projeto foi acompanhado pela coordenação pedagógica e o artculador do Ensino Médio Inovador, tendo como principal apoiador o diretor: Welson Mesquita.

As aulas ocorreram nas segundas-feiras, no período vespertino (das13:30 às 15:30 horas), utilizando como espaço físico o laboratório de ciências da unidade escolar.

Este projeto teve início ainda no primeiro semestre do ano, tendo sua continuidade ao longo do 2º semestre e foi finalizados no dia 30 de novembro através da realização de uma oficina de apresentação aos demais estudantes da escola sobre os resultados alcançados.

A seguir algumas fotos do projeto “Clube da Matemática”:



Projeto “Novos Talentos” - ProEMI

O projeto “Novos Talentos” é uma ação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com recursos da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), fundação ligada ao Ministério da Educação (MEC).

Este projeto reitera a disposição da UFMT em contribuir no enfrentamento dos problemas educacionais de Mato Grosso (MT) pelo desenvolvimento de ações interdisciplinares e interinstitucionais voltadas à inclusão social e ao desenvolvimento da cultura científica.

Nessa perspectiva, o projeto inclui estudantes e professores das escolas: Pascoal Ramos; Fernando Leite; Cândido Rondon e Centro Educacional de Apoio ao Deficiente Auditivo (CEAADA).

Os professores da Escola Pascoal Ramos envolvidos nesta ação, foram: Cristiano Rocha Soares; Simone de Barros Berte; Antônio João de Farias; Eraci Valentim e Catiex Rodrigues.

As atividades ocorreram em horário de aula e em finais de semana, valorizando espaços inovadores como universidades, laboratórios, centros avançados de estudos e pesquisas, museus e outras instituições.

Ao longo do projeto houve algumas aulas de campo, cujo objetivo era o aprimoramento no ensino-aprendizagem dos mesmos, além de uma maior “interação” entre a UFMT e nossa escola.

No segundo semestre, tivemos as seguintes atividades:
  • Aula de campo para Nobres, no mês de outubro, onde os alunos puderam conhecer aspectos naturais e sociais do local;
  • Seminário final do Projeto, no mês de novembro, onde houve, entre outras atividades um desfile Afro, na pousada do Vô Zeca na rodovia Cuiabá - Santo Antônio.
A seguir algumas fotos da participação de nossos alunos no projeto: “Novos Talentos”:

Projeto “Leitura para além dos muros da escola” - ProEMI

O projeto em questão foi elaborado pela professora Me. Rute Almeida e Silva e teve como principal objetivo ser uma tentativa de motivar os alunos a ler. 

Ele se baseia na justificativa de que, ultimamente, temos vivenciado grandes transformações em vários setores da sociedade e isso tem demandado um maior número de sujeitos leitores, já que é fato comprovado que o desenvolvimento da capacidade leitora transforma o aluno em seres humanos melhores, intelectuais, enriquecidos de conhecimentos variados. Além disso, esta ação contribui para uma efetiva participação cidadã dos estudantes, nos diversos contextos sociais.

A atividade se baseia na sugestão de leitura livre, isto é, uma proposta que considera a preferência, a escolha individual de cada aluno, no que se refere ao livro paradidático. É um trabalho sequencial, em que o aluno lê um livro, no 1º bimestre; dois no 2º bimestre; três no 3º bimestre e quatro no 4º bimestre, conforme proposta inicial entregue na coordenação da escola. 

Se envolveram neste projeto as professoras: Me. Rute Almeida e Silva (trabalhando com os terceiros anos – turmas A, B, C; Segundos anos – turmas A, B, C); Geralda Ferreira Lemes Barbosa (3º ano D); Adlene Moreira dos Santos Diniz (trabalhando om os primeiros anos – turmas A, B, C, D, E, F e G); Fernanda Sampaio (1º ano H e I; 2º ano D, E, F) sendo atendidos cerca de 500 alunos.

A seguir algumas fotos desta ação:


Projeto “Fazendo Ciências” - Pro EMI


O projeto “Fazendo Ciências” foi criado em 2014, pela articulação do ProEMI e desenvolvido por professores de Química, Física e Biologia, atendendo os alunos do 2º ano. 

 

Devido aos bons resultados que foram obtidos com a primeira edição deste projeto, foi dado sequência neste ano, tendo esta vez como foco os alunos do 1º ano.

Portanto, esta é uma atividade de intervenção no processo de ensino-aprendizagem na área de Ciências da Natureza, através do desenvolvimento de aulas experimentais diariamente, com o objetivo de melhorar a aprendizagem dos alunos, reduzir os índices de reprovação e despertar o interesse pelas ciências, além de possibilitar um processo de reflexão/ação da prática pedagógica dos professores desta área de conhecimento. 

Se envolveram neste projeto os seguintes professores: Eraci Martins da Fonseca (Química); Alessandro Rodrigues (Biologia); Josilene Ferreira Estouco (Biologia); Elaine Cristina Pereda (Biologia) e Luciana de Mendonça Pereira (Química).

O projeto teve como ponto de culminância a "Feira de Ciências", realizada no dia: 29/10/2015, cujas fotos podem ser conferidas na postagem: http://escolapascoalramos.blogspot.com.br/2015/10/feira-de-ciencias-2015.htmlhttp://escolapascoalramos.blogspot.com.br/2015/10/feira-de-ciencias-2015.html

A seguir algumas fotos das aulas deste projeto:

Professora: Elaine Cristina Pereda (Biologia)

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Programa Federal “PIBID” - ProEMI


O PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência) é um programa do governo federal cujo objetivo é antecipar o vínculo entre os futuros professores e as salas de aula da rede pública. Com essa iniciativa, o PIBID faz uma articulação entre a educação superior (por meio das licenciaturas), a escola e os sistemas estaduais e municipais.

A intenção do programa é unir as secretarias estaduais e municipais de educação e as universidades públicas, a favor da melhoria do ensino nas escolas públicas em que o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) esteja abaixo da média nacional, de 4,4. Entre as propostas do Pibid está o incentivo à carreira do magistério nas áreas da educação básica com maior carência de professores com formação específica: ciência e matemática de quinta a oitava séries do ensino fundamental e física, química, biologia e matemática para o ensino médio”. (trecho extraído do portal: http://portal.mec.gov.br/pibid). 


Na escola Pascoal Ramos, tivemos ao longo deste ano a execução de atividades do PIBID QUÍMICA e do PIBID LÍNGUA PORTUGUESA (Francês), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

O PIBID QUÍMICA foi supervisionado pela professora: Eraci Martins Fonseca e atendeu aproximadamente 200 alunos do ProEMI (Pograma Ensino Médio Inovador). 

Dentre as atividades realizadas durante o segundo semestre podemos destacar:

  • (Agosto) - Produção do resumo para o SEMIEDU 2015, com o título: “Reflexões sobre o papel da experimentação no contexto da Escola Estadual Pascoal Ramos.” (foi produzido resumo e banner. Foto do banner entre as fotos desta ação). (Setembro) - Atividade colaborativa com professores e alunos. Tema reciclagem. Confecção de produtos artesanais a partir de materiais recicláveis. Os objetos produzidos foram doados para a Pastoral da Criança. As participações dos pibidianos contribuíram na organização e potencialização dos trabalhos, bem como “estreitou” mais a relação entre ambos.  
  • (Outubro) - Atividade colaborativa com professores e alunos. Produção de jogos didáticos para o ensino de conceitos Químicos, pertinentes ao 1ª ano do ensino médio. O método pedagógico adotado para ensinar química, facilitou o aprendizados dos alunos e contribuiu positivamente para reflexões e aprimoramento da prática docente.
  • (Outubro) – Os Pibianos participaram ativamente da Feira de Ciências, no dia 29 de outubro. Esta participação serviu para perceber vários aspectos que envolvem a dimensão de um evento educativo, dentre eles: a motivação dos alunos e a culminância de atividades preparadas previamente; perceber nos educando, habilidades que integram e vincula o conhecimento científico com a realidade que o cerca; Sentir o calor do ambiente escolar. 
A seguir algumas das principais fotos das aulas executadas pelos Pibidianos de Química:


sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Aula de campo - Visita à “31º Bienal de São Paulo” - ProEMI



Nossa escola esteve presente na "31ª Bienal de São Paulo", exposição de arte, que exibiu parte da Bienal de São Paulo, um dos maiores eventos de arte do Brasil.

Duas turmas foram levadas à participação, com acompanhamento dos professores: Fernanda Barbosa (Artes); Carla Regina Silva (Língua Portuguesa) e João Paulo Meira Marinho (Articulador ProEMI). 

A seguir algumas fotos desta ação:


RESUMO EXPLICATIVO DOS CONTEÚDOS DE GEOGRAFIA DO 4ºBIMESTRE/2015 - Prof. Antônio João


Em preparação ao 4º bimestre, segue o material de revisão do prof. Antônio João, da disciplina: Geografia, para as turmas: PRIMEIROS ANOS e SEGUNDOS ANOS.

Para baixar, basta escolher e clicar no link a seguir:



segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Palestra sobre a "Problemática das Drogras" - ProEMI



No mês de novembro foi realizado em nossa escola duas palestras, envolvendo 04 turmas do Ensino Médio Inovador sobre a problemática das drogas.

A mesma foi realizada pelo Sr. Neio, representante da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SEJUDH).

Esta palestra foi uma primeira ação, pensada para se trazer para a escola a discussão, sempre necessária, sobre os problemas que envolvem o uso de drogas.

A seguir algumas fotos desta atividade:


quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Projeto: "PLURALIDADE CULTURAL" - ProEMI

Na escola Pascoal Ramos sempre comungamos a ideia de que a questão da pluralidade cultural é um assunto que deve fazer parte dos programas curriculares das diversas disciplinas. Mais ainda, entendemos que a temática precisa ser constantemente enfocada não só nas atividades de sala de aula, mas nos eventos que costumam ocorrer na escola, como os debates sobre temas atuais, por exemplo”. (Prof. Welson Mesquita, Diretor).

O trabalho com a pluralidade cultural, conforme citado anteriormente, sempre fez parte da proposta da nossa escola como um todo. Desse modo, desenvolvemos estudos sobre a participação dos negros na História do Brasil e a respeito das comunidades tradicionais (comunidades de pescadores, comunidades remanescentes de quilombos) buscando através deste trabalho desenvolver novos valores e atitudes em nossos alunos.

Neste contexto, um dos projetos do ProEMI (Programa Ensino Médio Inovador) da escola é o “Pluralidade Culrural”, que objetiva “contribuir para a construção da cidadania na sociedade pluriétnica e pluricultural, através da busca por conhecer a diversidade do patrimônio étnico-cultural brasileiro, com atitude de respeito para com as pessoas e grupos que a compõe, reconhecendo a diversidade cultural como um direito dos povos e dos indivíduos e elemento de fortalecimento da democracia; Além disso, também se busca valorizar diversas culturas presentes na constituição do Brasil como nação, reconhecendo sua contribuição no processo de constituição da identidade brasileira”, entre outros aspectos. Para tanto, metodologicamente, a escola foi organizada em dois grandes grupos de trabalho dando enfoque diferenciado de acordo com o tema abordado: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias & Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Os professores envolvidos foram: Adilene Diniz (Língua Portuguesa); Alfredo Alves do Nascimento Junior (História); Cristiano Rocha (História); Eraci Valentim (Química); Fernanda Barbosa (Artes); Geralda Ferreira Lemes (Língua Portuguesa); José Valmy Batista Sobrinho (Geografia); Jucinei das Chagas Freitas (Sociologia); Luciede G.B. Souza (Sociologia); Marcos Alexandre (Educação Física); Mônica Zimmermann (Educação Física); Maria Lecy David de Oliveira (Filosofia – Coordenadora do projeto). Eles trabalharam com recortes que foram sendo desenvolvidos através de teatro, visitas, trabalhos de pesquisa, seminários, leitura de imagens, leitura de textos, debates, palestras, vídeos, cartazes, jogos interclasse. Cada turma ficou com a responsabilidade de um profissional da educação que orientou o grupo para a realização das atividades, que culminaram na produção de uma “Feira Cultural”, realizada no último dia 19/11/2015, nos três períodos de funcionamento da escola.

O evento contou com a participação da comunidade escolar e teve diversas atrações como a exposição de trabalhos realizados ao longo do ano; a apresentação de aspectos culturais, culinários e gerais sobre os países envolvidos no processo de colonização da América; desfile “Beleza negra”, entre outros.

Segundo a professora Maria Lecy Davi de Oliveira, coordenadora da ação, “a escola deve ser entendida como como espaço ideal para se trabalhar a temática da Pluralidade Cultural, já que as vivências pedagógicas geram a oportunidade de diminuir estereótipos do preconceito racial, bem como combatê-lo, sendo que desta forma é no espaço escolar que devemos propiciar momentos que envolvam nossos alunos em atividades que os mesmos possam aprender de forma diversificada, ou seja, que os estudantes tenham a chance de aprender tanto com a mente quanto com o corpo, já que compreendemos o mundo de diversas maneiras, por exemplo, através de músicas, filmes, textos, teatro, etc.”

De acordo com o articulador do Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI), professor João Paulo Meira Marinho, “esta é uma excelente oportunidade para a comunidade escolar disseminar a mensagem de respeito e valorização das diversidades culturais. Além disso, a atividade visa também contribuir para a consolidação da lei Federal 10.639/2003 e 11.645/2008, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”, comenta.

A seguir algumas fotos deste evento:

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

ELEIÇÃO - 2015

Ocorreu hoje, das 8:00 às 21:00 horas a eleição para diretor da Escola Estadual Pascoal Ramos. Foram candidatos os professores: ANA MARIA MULLER e WELSON MESQUITA DE OLIVEIRA.

Compareceram para votar: 1025 eleitores;
Deste total, 831 votos foram atribuídos ao candidato:WELSON MESQUITA DE OLIVEIRA e 158 foram atribuídos ao candidato: ANA MARIA MULLER.

Portanto foi eleito com a maioria dos votos o candidato: WELSON MESQUITA DE OLIVEIRA, como novo diretor para os próximos dois anos.
 
PARABÉNS ao novo diretor, 
PARABÉNS à comissão eleitoral que se dedicou para garantir o sucesso do processo eleitoral;
PARABÉNS ao Professor Alessandro, pela conclusão com êxito de seu mandato como diretor de nossa escola.
Confira na foto a seguir os números da eleição:



>> ACESSE OS LINKS ABAIXOS: